Apoio Discente


Apoio Discente

Os alunos contam com diversos programas e, ou atividades voltados à Assistência Estudantil, cujo propósito é contribuir para o desempenho acadêmico, prevenindo repetência e evasão e facilitando o acesso de cidadãos social e economicamente menos favorecidos ao ensino superior gratuito e de qualidade.

Após ingressar no curso, o aluno beneficia-se de diversas categorias de bolsas, concedidas com fins assistenciais ou por mérito acadêmico. A Bolsa Atividade é concedida mediante análise de condições socioeconômicas e arca com custos financeiros de estudantes de menor poder aquisitivo.

As bolsas concedidas por mérito acadêmico se dividem em:

i) Bolsas de Monitoria, que facilitam a comunicação entre os docentes e discentes e beneficiam os bolsistas e os frequentadores da atividade;

ii) Bolsas de Extensão, que possibilitam ao aluno vivenciar a extensão universitária e se aproximar das questões sociais;

iii) Bolsas de Iniciação Científica, que visam estimular o interesse científico e as habilidades acadêmicas dos estudantes de graduação, melhorando também o seu preparo para a pós-graduação, inclusive, reduzindo o seu tempo de conclusão;

iv) Bolsas do Programa Especial de Treinamento (PET), que propiciam uma compreensão abrangente e profunda sobre a área de atuação dos estudantes de graduação, praticando atividades diversificadas, interdisciplinares e coletivas;

v) Bolsas de Pesquisa em outras instituições, como a Embrapa.

Para facilitar o acesso de graduandos a eventos científicos ou acadêmicos, o Programa de Auxílio Financeiro para Apresentação de Trabalhos beneficia dezenas de alunos que apresentam trabalhos decorrentes de projetos de pesquisa ou extensão desenvolvidos com docentes do curso de Engenharia Agronômica. O programa paga as despesas do aluno (diárias e passagens) anteriormente ou faz o ressarcimento das mesmas mediante comprovação.

O Programa de Auxílio Alimentação desde 2010 distribuiu cupons para auxílio à alimentação de alunos em restaurantes conveniados com a UFSJ.

Também com o intuito de apoiar os alunos, há o Projeto de Atendimento à Saúde Mental, trabalhando com a sua autoestima frente a situações-problema.

O Projeto de Atendimento à Saúde Física objetiva atender alunos que necessitam de atendimento médico nas áreas de clínica médica, ginecologia e oftalmologia.

O Projeto de Atendimento à Saúde Bucal atende alunos necessitados de tratamento odontológico.

Por fim, o Programa Auxílio Transporte proporcionou condições para locomoção até o campus.

Em consonância com os objetivos do PPC da Graduação em Engenharia Agronômica, a assistência estudantil de que os alunos desfrutam neste curso têm o foco central em possibilitar a formação justa e isenta quanto às dificuldades individuais, de profissionais multidisciplinares e de embasamento teórico-prático de excelência.

Para informações atualizadas, consulte a página da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis - Proae.