Casa Aberta apresenta espetáculos Quintal e Olhos D´água neste sábado

Sábado, 16, é dia de espetáculo em dose dupla do programa de extensão CASA ABERTA, da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ). A entrada é gratuita, aberta para todo o público. Quintal será apresentado às 20h no Laboratório de Prática Teatral e Olhos D’água (foto) às 21h na Sala Preta, ambos no Campus Tancredo de Almeida Neves (Ctan), em São João del-Rei.

De acordo com a coordenadora do programa, professora Juliana Mota, o grupo fez três apresentações no bairro Tejuco e, agora, a ideia é levar as moradoras que foram entrevistadas durante o processo de montagem de Olhos D'água para conhecerem o espaço de trabalho do Casa Aberta, da prática teatral, e se reconhecerem ali, em cena. "Vamos trazer, também, pessoas que participaram do Pibex Cultura, desenvolvido pelo professor Adilson [Siqueira, do curso de Teatro da UFSJ], no Quilombo do Palmital”.

Os espetáculos fazem parte do repertório do CASA ABERTA, grupo de pesquisa e programa de extensão da UFSJ com atuação desde 2012.

Quintal

Quintal é a gente, eu, você e o mundo inteiro do lado de dentro, escorrendo feito cachoeira nos olhos e no coração, cantando feito passarinho ao pé do ouvido ou a plenos pulmões. É a casa da vó, o pé de laranjeira, o cheirinho de café, a flor de erva cidreira. A rede na varanda, o galo acordando cedinho, o cantar da mãe lavando roupas e o cafuné antes de dormir em noite fria. É nossa semente, tronco e flor. A raiz. O território de ser.

Inspirados pela obra literária “Olhos D’água”, de Conceição Evaristo, e pelas Missões de Pesquisas Folclóricas, de Mário de Andrade, o coletivo de atrizes e atores juntos com sua orientadora convida todos para vivenciar esta experiência cênico-musical coletiva. 

Para saber mais, clique aqui.

Olhos D´água

Olhos D´água traz à cena rastros de narrativas de sete mulheres do bairro Tejuco, em São João del-Rei. Os corpos e poéticas do cotidiano investigados durante a montagem são recriados em cena por meio de uma linguagem contemporânea que mescla, além dos casos e depoimentos coletados, memórias dos atores e atrizes, música e poesia.

Veja mais sobre o espetáculo aqui.

Foto: Delcimar Ribeiro


Publicada em 11/09/2017
Fonte: ASCOM

 Voltar