A UFSJ quer ouvir você

Responda à Pesquisa de Autoavaliação Institucional 2017

Como você enxerga a UFSJ? O que pode melhorar? Como está o campus onde você estuda ou trabalha? Foi em busca de respostas para questões como essas que a Comissão Própria de Avaliação da UFSJ (CPA) lançou a Pesquisa de Autoavaliação Institucional 2017, procurando perceber os avanços e os desafios que pautam a agenda da Universidade. Até 18 de fevereiro de 2018, professores, alunos (nas modalidades presencial e a distância), pós-graduandos, egressos e técnicos podem opinar sobre o que acham da UFSJ por meio de questionário online.

O objetivo é coletar opiniões sobre os serviços e a infraestrutura da UFSJ, além de avaliar a gestão e as políticas de apoio estudantil, construindo assim uma visão global e integrada de todos os segmentos da comunidade universitária, para que a instituição possa repensar sua atuação em diversos aspectos.

A realização da pesquisa é obrigatória, de acordo com o instituído pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004. As diretrizes são do Conselho Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes), que indica a autoavaliação como caminho para o planejamento institucional e a melhoria da qualidade do ensino superior.

Embora algumas questões sejam comuns a todos, cada segmento tem um questionário próprio, já que as categorias têm problemas e contextos específicos na instituição. Realizada anualmente, a pesquisa trabalha com eixos temáticos, tendo como ponto principal a avaliação do Plano de Desenvolvimento Institucional, além de perguntas relativas a políticas acadêmicas e administrativas.

“A amplitude da pesquisa permite coletar informações fundamentais que contribuem para o conhecimento detalhado da UFSJ. O que colabora na coerência das metas de desenvolvimento institucional e na adequação de recursos e de infraestrutura para as atividades acadêmicas e administrativas”, pondera o presidente da CPA, professor Afonso de Alencastro.

Para o ano de 2018, a CPA espera que a participação seja ampliada por meio do uso de algumas estratégias, como a criação de subcomissões para incentivo da pesquisa e a divulgação de resultados por campus, revelando assim aspectos particulares de cada área.

Após a coleta de informações, o resultado é compilado no Relatório de Autoavaliação Institucional. Ele é enviado por e-mail para todos da instituição e também é divulgado na página da CPA, no site da UFSJ.

Comissão Própria de Avaliação da UFSJ
Composta por representantes discentes, docentes, técnico-administrativos e da sociedade civil, a Comissão Própria de Avaliação (CPA) tem o objetivo de consolidar uma cultura de análise da UFSJ, coordenando, conduzindo e articulando os processos de avaliação da Universidade. Prevista pela Lei Federal nº 10.861, de 14 de abril de 2014, e regulamentada na UFSJ pelo Consu em 2004, a Comissão procura fornecer informações que auxiliem tanto no desenvolvimento da instituição quanto na sugestão de ações estratégicas para atividades de qualidade em ensino, pesquisa e extensão.

A CPA não tem caráter de ingerência administrativa na gestão, mas deve ajudar na construção do planejamento institucional. Sua principal entrega, que é a Autoavaliação Institucional, ajuda no direcionamento de ações planejadas conforme a opinião da comunidade da UFSJ.


Publicada em 04/12/2017
Fonte: ASCOM

 Voltar