Fortim dos Emboabas ganha Horta Comunitária

Na semana dedicada a celebrar (e refletir sobre) o meio ambiente, a UFSJ traz mais uma novidade: vai ter horta comunitária no Fortim dos Emboabas

O programa de extensão “Laços e Ações”, da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), realizou, no dia 23 de maio, o 1º Mutirão de Horta Comunitária. O objetivo foi criar uma horta no espaço em que o programa atua, no Fortim dos Emboabas, localizado Alto das Mercês, em São João del-Rei.

A ideia da equipe responsável é aproveitar o grande espaço aberto do Fortim, hoje tomado por mato. O trabalho em grupo pode transformar o terreno inutilizado em horta produtiva e, ainda, fortalecer os vínculos com a comunidade e promover alimentação mais saudável.

Está previsto um mutirão semanal para capinar o terreno e preparar canteiros. A partir de então, acontecerá o manejo do terreno. Com o grupo formado, serão trabalhados temas como alimentação saudável, divulgação sobre Plantas Alimentícias Não-Convencionais (PANCS), realizadas oficinas de horticultura, plantas medicinais, entre outras atividades.

O psicólogo e voluntário do Núcleo de Estudo, Pesquisa e Intervenção em Saúde (Nepis), Wellinton Daniel Baptista, destaca os benefícios que uma horta comunitária pode trazer: “são imensos, como os ganhos sociais, que incluem o envolvimento da comunidade em um projeto local, criação de rede de apoio e de horticultura urbanos, geração de renda indireta através do autoconsumo; os benefícios ecológicos da manutenção de um terreno que, sem cuidados, poderia criar vetores de doenças, recuperação do solo, compostagem do lixo orgânico; e ainda ganhos para a saúde, com alimentação mais saudável e combate ao sedentarismo.” Para Wellinton, “a implementação de hortas urbanas é uma maneira de transformar terrenos baldios em um espaço que beneficie a comunidade, ao mesmo tempo em que pode ajudar a solucionar problemas da urbanização”.

Para mais informações, acompanhe a página do Facebook da Horta Comunitária do Fortim.

O Fortim

O Fortim dos Emboabas tem como proposta tornar-se um centro de convivência para toda a comunidade. Atualmente recebe duas oficinas semanais abertas ao público, sempre às 9h, nas áreas de artesanato, toda segunda-feira, e de musicalidade, às sextas-feiras.

Nepis

O Núcleo de Estudo, Pesquisa e Intervenção em Saúde desenvolve, desde 2007, atividades integradas de ensino, pesquisa e extensão na área da saúde (coletiva e mental), sendo inscrito como Grupo de Pesquisa, no Diretório do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), desde 2010. Tem a participação de docentes de Psicologia, Filosofia, Música, Letras, Educação e Medicina de diversas universidades (UFSJ, UFJF, CES/JF, UFVJM e UFF) e alunos de graduação e pós.

Na pesquisa, são efetuados trabalhos de iniciação científica, mestrado e doutorado, abordando os seguintes temas: Fundamentos teóricos da Saúde (coletiva e mental); diretrizes da Reforma Sanitária e da Reforma Psiquiátrica, como também do Sistema Único de Saúde (SUS); inserção do psicólogo no campo da Assistência Social; ações de grupo matricial; ouvidores de vozes; ações intersetoriais, notadamente entre saúde, educação, arte, assistência social e justiça; abordagens teóricas relacionadas à Fenomenologia, Esquizoanálise e Psicologia Analítica.  

Todas as sextas-feiras, o site de notícias da UFSJ traz o Comunica Extensão, com novidades sobre as ações extensionistas da nossa Universidade. Acompanhe!


Publicada em 08/06/2018
Fonte: ASCOM

 Voltar