Última Semana para se inscrever no projeto Vivências Musicais

O programa Vivências Musicais da Universidade Federal de São João del-Rei tem vagas abertas para inscrição de alunos até a próxima semana. As vagas são abertas a toda comunidade e a prioridade é para a comunidade externa.

É preciso estar atento aos prazos, já que a inscrição para cada curso termina em um dia diferente: para piano musicalizador acaba 25/03, para baixo elétrico se encerra 26/03, violão para iniciantes finaliza 27/03. Para violino, viola de arco e violoncelo as inscrições terminam no dia 29/03.
Após a inscrição feita pelo link, haverá uma entrevista em horário e local determinado para cada curso. Os dias e horários de aulas serão definidos durante a conversa. Outras informações, como os horários das entrevistas e o pré-requisitos para cada cursos, podem ser encontradas no site.
Qualquer dúvida pode ser sanada entrando em contato com o Vivências Musicais, ou pela página do Facebook do projeto, ou pelo e-mail: mufsj@gmail.com.

O projeto

O Vivências Musicais é um projeto de extensão criado em 2010 e que tem o objetivo de à comunidade de São João del-Rei a oportunidade de se aperfeiçoar na prática pedagógico-musical, pela vivência em atividades individuais e coletivas.
Além de contribuir com a formação musical da comunidade são-joanense, o projeto visa também a manutenção da tradição musical na cidade e na região. O Vivências é ainda um laboratório para a formação dos alunos do curso de Licenciatura em Música da universidade, já que, ali vêem a oportunidade de repassar seus conhecimentos adquiridos em sala para o público externo ao curso.
Todo final de semestre a equipe do Vivências organiza um recital para os alunos se apresentarem. Esta iniciativa visa levar a experiência e sensações da apresentação em público para as comunidades. É também uma oportunidade para o aluno avaliar o próprio conhecimento adquirido no curso. Além disso, a comunidade também terá a chance de estar presente em um momento de compartilhamento de conhecimento e vivência musical. 


Publicada em 21/03/2019
Fonte: ASCOM

 Voltar