Campus Dom Bosco recebe seminário sobre filosofia, literatura e espiritualidade

Nos dias 8 e 9 de julho, o Campus Dom Bosco recebe convidados especiais para discutir a íntima relação entre a linguagem e o sagrado dentro do pensamento de Martin Heidegger. Trata-se do II Seminário de Filosofia e Literatura, que aborda o tema “Filosofia, literatura e espiritualidade”, Dentre os diversos palestrantes, a presença ilustre do Frei Francisco Van Der Poel, conhecido como Frei Chico, frade franciscano holandês e autor do primeiro Dicionário da Religiosidade Popular do Brasil, é um dos destaques da edição deste ano.

Frei Chico é um apaixonado descobridor das riquezas culturais do nosso país. Sua história com o Brasil começa em 1967, quando deixou a Holanda e chegou ao Vale do Jequitinhonha, região de Minas Gerais que era considerada um dos três lugares mais pobres do mundo. Como pároco da diocese de Araçuaí, o frade contabilizou 15 mil folhas de registros da cultura do povo relacionada à fé e à experiência espiritual em seus dez anos de trabalho no local. Esse vasto material, em conjunto com pesquisas realizadas na Europa, foi a base do grandioso projeto transformado em dicionário. Com 1.150 páginas, a obra referência da devoção religiosa do nosso povo reúne 8,5 mil verbetes, 6 mil notas de rodapé e 350 ilustrações. 

Segundo a coordenadora do Laboratório Ártemis do Departamento de Filosofia e Métodos da UFSJ (Dfime) e uma das organizadoras do evento, professora Glória Ribeiro, o Seminário se divide em dois eixos, um que integra atividades de pesquisa e outro que envolve as ações extensionistas do Laboratório. A pesquisa tem como objetivo investigar as relações entre hermenêutica e linguagem no pensamento de Martin Heidegger por meio da leitura e estudo da obra Ser e Tempo e dos escritos pós-1930. Já a extensão abrange as atividades desenvolvidas desde 2012 no Fortim dos Emboabas e se dedica ao estudo e difusão da cultura popular.

No cenário atual em que muito se fala sobre os limites da reflexão crítica, o Seminário pretende enfatizar a dimensão do pensamento brasileiro incorporado na literatura. A ideia é difundir o gosto pelo estudo, pela pesquisa e, além disso, celebrar a palavra, que hoje é reconhecida e comemorada como a condição primeira do diálogo entre pensamento e filosofia.

O evento é um espaço de interdisciplinaridade promotor de debates, estudos e pesquisas relacionadas às diversas vertentes das ciências humanas, envolvendo literatura, filosofia, arte, cultura, história, política, ciências sociais. A participação é gratuita e as inscrições serão realizadas até 30 minutos antes da abertura do evento. Para os alunos, haverá emissão de certificados com horas acadêmicas. Os interessados podem se inscrever aqui. Para mais informações sobre o Seminário, acesse www.facebook.com/events/469463893887931


Publicada em 24/06/2019
Fonte: ASCOM

 Voltar