Invenção e criatividade são pautas de evento no Campus Santo Antônio

O campus Santo Antônio recebe, nesta sexta e sábado, dias 28 e 29 de junho, o I Festival de Invenção e Criatividade da Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa. Serão dois dias de oficinas, palestras e mostras de projetos relacionados às metodologias ativas e tecnologias para a educação. O evento, que é gratuito, deve reunir alunos de licenciatura, professores, trabalhadores da educação em geral e pessoas interessadas em metodologias diferenciadas de educação.

O Festival de Invenção e Criatividade é uma celebração do espírito inventivo, colaborativo e mão na massa da educação. Os participantes terão oportunidade de explorar materiais e tecnologias high e low tech, participar de atividades e aprender de forma estimulante e descontraída. O evento tem como objetivos divulgar, inspirar e facilitar a implementação de atividades de aprendizagem mão na massa em ambientes educacionais formais e não formais da região das vertentes.

As oficinas têm início nesta sexta, 8h. No mesmo dia, às 19h, a palestra sobre a aprendizagem criativa com o professor do Departamento de Engenharia Elétrica da UFSJ (Depel), Eduardo Bento, abre oficialmente o evento. No sábado, as oficinas começam às 8h e finalizam 12h. Durante os dois dias do evento, mostras interativas estarão disponíveis para o público se familiarizar ainda mais com a ideia do projeto.

Para os participantes, haverá emissão de certificados. Inscrições podem ser feitas pelo https://cyros.ufsj.edu.br/fic.

Aprendizagem criativa

A aprendizagem criativa está diretamente relacionada à ideia de “colocar a mão na massa”. Esta concepção educacional acredita que estimular a aprendizagem mão na massa aguça a curiosidade e desperta os estudantes para criatividade e inventividade ao vivenciar o processo cognitivo. É uma metodologia ativa do processo ensino aprendizagem que dá protagonismo ao aluno por meio criação de projetos desenvolvidos em grupos, definidos de acordo com a afinidade dos mesmos e a partir da qual o aluno pode aprender brincando.

Na UFSJ, a aprendizagem criativa é aplicada em projetos de extensão do ensino fundamental (a partir dos seis anos), passando por disciplinas de graduação da engenharia elétrica até o mestrado Interdisciplinar em Artes, Urbanidades e Sustentabilidade (Pipaus). A ideia é que esta abordagem seja levada para dentro da sala de aula, independentemente da área que seja lecionada.  


Publicada em 27/06/2019
Fonte: ASCOM

 Voltar