Compra de vacinas para Covid-19 é tema de palestra nesta quinta, 24

Na manhã desta quinta, 24, às 10h, a Coordenadoria de Transferência e Inovação Tecnológica (CTIT) da UFMG transmite palestra sobre a futura vacina contra o vírus Sars-Cov-2. Intitulada Encomenda tecnológica: o caso da contratação da vacina contra Covid-19, a palestra será ministrada por Bruno Portela, procurador federal e secretário especial adjunto do Ministério da Economia, no canal da Coordenadoria de Assuntos Comunitários (CAC) da mesma Universidade.

Em sua fala, o palestrante vai tratar do que está sendo considerado pelo próprio governo como a maior compra de inovação via encomenda tecnológica de toda a história do Brasil. O projeto de desenvolvimento da vacina, que no Brasil está sendo coordenado pela Fiocruz, é uma parceria científica com a Universidade de Oxford, na Inglaterra, e a empresa farmacêutica AstraZeneca.

O secretário Bruno Portela é responsável pelo projeto jurídico que proporcionou a parceria entre a Fiocruz e a Universidade de Oxford. O acordo define não apenas a encomenda tecnológica, mas também a transferência de tecnologia, o que, na perspectiva governamental, garante a autossuficiência do país em relação à vacinação. Estima-se que 30,4 milhões de doses da vacina sejam compradas pelo governo brasileiro. No entanto, não é ainda prudente apresentar um prazo para as etapas de vacinação, devido ao processo científico da evolução da vacina.

Trata-se de uma das vacinas em fase de testes em todo o mundo, como tem sido noticiado mundialmente nos últimos meses. Além do projeto com a Universidade de Oxford, está em desenvolvimento também a CoronaVac, da empresa chinesa Sinovac, em parceria entre UFMG e Instituto Butantan. Este, em nota, aponta que estudo recente, realizado na China, reforçou a eficácia da CoronaVac, que será distribuída pela governo do Estado de São Paulo.

Pela plataforma Sympla, é possível realizar as inscrições para o evento, abertas até o dia 24.

 

João Vítor Bessa
Aluno do Jornalismo, estagia na Ascom


Publicada em 22/09/2020
Fonte: ASCOM

 Voltar