Cuidados com a saúde da mulher são destaque no Outubro Rosa da UFSJ

O Outubro Rosa 2020 da UFSJ amplia sua abordagem e se volta para além da prevenção do câncer de mama. Neste ano, a campanha destaca iniciativas que promovem os cuidados com a mulher, como o projeto de extensão Roda Viva, que realiza ações educativas focadas na saúde e nos direitos do público feminino. Além de conteúdos variados, durante todo o mês orientações sobre a temática estarão disponíveis no Instagram do projeto, com intuito de conscientizar o público-alvo.

Os temas destacados no Outubro Rosa já estão inseridos nos debates do Roda Viva, e são intensificados no mês da campanha. No ano passado, os integrantes promoveram debates em diversas instituições, reafirmando a importância da prevenção e da promoção da saúde da mulher. Em 2020, as ações estarão, exclusivamente, nas redes sociais, devido à pandemia.

A equipe do projeto define a campanha como uma grande oportunidade de chamar a atenção das mulheres para a importância de cuidar da saúde e olhar para si mesmas. A coordenadora do Roda Viva, Vânia Aparecida da Costa Oliveira, pontua que as atividades desenvolvidas buscam alertar para os fatores de risco e mostrar que hábitos saudáveis são fundamentais para a prevenção. “As chances de cura do câncer de mama chegam a mais de 90% nos casos diagnosticados precocemente e, por isso, o acompanhamento constante é essencial, pois aumenta o potencial de sucesso do tratamento”, completa.

Para a vice-coordenadora Walquíria Jesusmara dos Santos, é fundamental que as ações do Outubro Rosa despertem nas mulheres a necessidade dos cuidados com a saúde, sob supervisão médica. “A campanha é uma oportunidade de conscientizarmos as mulheres sobre a importância do autocuidado, não apenas focado no câncer de mama, mas na saúde de uma forma geral”, explica.

O Roda Viva
O projeto visa levar à comunidade diferentes assuntos, por meio de rodas de conversas, nas quais os assuntos são abordados de forma problematizada e focados na troca de experiência. Os saberes populares e as vivências dos participantes são protagonistas das discussões, pautadas pelo diálogo e pelo aprendizado. A pandemia impossibilitou a realização dos encontros presenciais, levando o conteúdo para as redes sociais do programa.

O Roda Viva é conduzido pelo curso de Enfermagem, do Campus Centro-Oeste Dona Lindu, e trabalha de maneira interdisciplinar, juntamente com profissionais dos cursos de Medicina e de Farmácia, além de parceiros da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), em Divinópolis.


Publicada em 19/10/2020
Fonte: ASCOM

 Voltar