Doutorando da UFSJ participa de livro sobre educação e tecnologias digitais

A UFSJ está presente no e-book gratuito Tecnologias digitais e escola: reflexões no projeto Aula Aberta durante a pandemia, lançado em outubro. Autor de um dos textos que integram a obra, o técnico-administrativo Michel Montandon representa a Universidade na coletânea. Escrito por pesquisadores que são referências nacionais, o conteúdo promove uma análise sobre a Educação no novo contexto de ensino remoto e a distância gerado pela Covid-19, além de ideias práticas para serem adotadas por professores e demais interessados. Publicado em parceria com a Parábola Editorial, o livro é uma realização do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet-MG) e pode ser baixado neste link.

Licenciado para cursar doutorado em Estudos de Linguagens no Cefet-MG, Michel assina o capítulo Vídeo artesanal na educação: processos, produção e (bri)colagem. De acordo com o autor, a pandemia impôs uma realidade inesperada para professores, que precisaram desenvolver habilidades antes não exigidas, como a produção de conteúdo audiovisual. “Minha contribuição buscou apresentar possibilidades metodológicas para criação de vídeos em um ambiente restrito, como o ambiente doméstico. O objetivo foi ensinar que é possível construir um bom material de forma artesanal, utilizando equipamento precários, mas investindo em linguagem e poder de síntese, por exemplo.”

A coletânea
O livro é um desdobramento do projeto de extensão Aula Aberta do Cefet-MG, que oferecia palestras e bate-papos presenciais antes da pandemia. Depois da suspensão do calendário acadêmico, as atividades migraram para as redes sociais, promovendo um espaço de debate sobre Educação. Por meio de lives, pesquisadores de todo o Brasil debateram conteúdos que buscaram esclarecer dúvidas e diminuir as angústias de professores que viveram uma mudança na rotina e na maneira de ensinar.

Tecnologias digitais e escola traz parte das discussões promovidas pelo Aula Aberta. O leitor vai encontrar textos teóricos que tentam entender a atual realidade da educação brasileira no contexto da pandemia, assim como estudos que propõem atividades para serem desenvolvidas com o uso das ferramentas digitais.

Organizada pelas professoras Ana Elisa Ribeiro e Pollyana de Matos Vecchio (Cefet-MG), a coletânea reúne, além do artigo de Michel Montandon, textos de pesquisadores como Carla Coscarelli (UFMG), Vera Menezes (UFMG) e Clecio Bunzen Júnior (UFPE), entre outros.


Publicada em 06/11/2020
Fonte: ASCOM

 Voltar