Desenho curricular


Descrição do Esquema de Oferta das Disciplinas:

 

No total, cada aluna/o deverá:

- cursar duas disciplinas obrigatórias, sendo uma teórica de caráter introdutório geral comum a todas/os as/os alunas/os e uma de revisão e definição final do projeto de pesquisa (Seminário de Projeto);

- cursar três disciplinas optativas, sendo uma obrigatoriamente oferecida por sua linha de pesquisa e as outras duas livremente escolhidas, em acordo com a/o orientador/a, contemplando a especificidade da pesquisa;

- realizar Estágio Docência.

 

Disciplinas Obrigatórias:

– Gerais:

Teoria e Crítica das Artes Cênicas (60h – 4 créditos) (1º semestre)

Seminário de Projeto (30h – 2 créditos) (2º semestre)

 

Disciplinas Optativas:

 

Linha Cultura, Política e Memória:

Tópicos Variados em História e Memória (60h – 4 créditos) (1º e/ou 2º semestre)

Tópicos Variados em Crítica e Cultura (60h – 4 créditos) (1º e/ou 2º semestre)

Tópicos Variados em Política e Sociedade (60h – 4 créditos) (1º e/ou 2º semestre)

 

Linha Performance, Processos e Poéticas Artísticas:

Tópicos Variados em Estudos Performáticos (60h – 4 créditos) (1º e/ou 2º semestre)

Tópicos Variados em Processos e Poéticas Artísticas (60h – 4 créditos) (1º e/ou 2º semestre)

Tópicos Variados em Treinamentos e Pedagogia das Artes Cênicas (60h – 4 créditos) (1º e/ou 2º semestre)

 

Organograma de oferecimento das disciplinas:

 

1º Semestre Teoria e Crítica das Artes Cênicas

Tópicos Variados de cada linha

 

2º Semestre

Seminário de projeto

Tópicos Variados de cada linha

 

Observações:

1 - A disciplina optativa do segundo semestre deverá ser definida pela/o estudante junto com sua/seu orientador/a, mediante oferta, dentro ou fora do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFSJ, de forma que a mesma apresente possibilidade específica de aprofundamento de questões pertinentes à pesquisa desenvolvida.

 

2 - A/O aluna/o de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas-UFSJ deverá realizar, preferencialmente no segundo semestre do curso, estágio docência segundo as normativas do artigo 18 da Portaria Nº 76, de 14 de abril de 2010, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, que trata do Regulamento do Programa de Demanda Social, mesmo que o aluno não seja bolsista CAPES.