Nova exposição no Centro Cultural UFSJ utiliza árvore como metáfora para a condição humana

Obra de Bráulio Bittencourt, exposição Arvorear

Imagine árvores, galhos, folhas, o "arvorear" como metáfora para a condição humana, trazendo a ideia de pertencimento e a necessidade de alcançar novas alturas numa busca por transcendência. Agora imagine tudo isso numa coletânea (inédita) de 35 pinturas feitas com técnica mista sobre tela utilizando tinta acrílica, esmalte, óleo, gesso e folha de ouro. A produção de Braulio Bittencourt, ao longo dos últimos quatro anos, compõe a exposição "Arvorear", cuja cerimônia de abertura acontece no Centro Cultural UFSJ nesta quinta, dia 11, às 20h.

O conjunto mostra parte do trajeto percorrido pelo artista num processo em que a arte imita a vida, com obras abstratas e de abordagem livre, que expressam o desejo de “arvorear”, transcender e florescer. A exposição estará aberta para visitação todos os dias, finais de semana e feriados, de 12 de janeiro a 25 de fevereiro, das 8h às 20h, no Centro Cultural UFSJ, localizado na Praça Dr. Augusto das Chagas Viegas, 17, Centro Histórico de São João del-Rei.

Bráulio Bittencourt é artista plástico autodidata com formação em Ciências Econômicas pela UFMG e mestrado pela Universidade de Wakayama, Japão. Fez curso de aperfeiçoamento na Accademia d´Arte em Florença, Itália, e tem formação em Biodanza pela International Biocentric Foundation. Já fez exposições individuais no Museu Casa dos Contos ena Galeria FIEMG, ambos em Ouro Preto, Centro Cultural Minas Tênis Clube, Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Galeria de Arte SESIMINAS e no Espaço Cultural Vallourec, em Belo Horizonte, além de exposições coletivas em Brasília, nas principais capitais do país, Nova York, Miami, Roma e diversas cidades europeias.

Workshop de Origamis

Além da exposição, o artista promove no Centro Cultural workshop de origamis. O curso acontece no dia 12, das 9h às 12h. São 20 vagas. Para se inscrever, interessado devem enviar e-mail com seu nome para sepac@ufsj.edu.br. Os participantes devem levar papel da cor de sua preferência, já cortados em formato quadrado, sendo sugerido 20x20cm, podendo ser um pouco maior ou menor com gramatura menos ou igual a 75g/m2 (similar ao do papel A4). 


Publicada em 09/01/2018
Fonte: ASCOM

 Voltar