Últimos dias para visitar a exposição "Terra e Fogo: cerâmica é linguagem"

Mais de 500 pessoas já passaram pelo Centro Cultural UFSJ para visitar a exposição “Terra e Fogo: Cerâmica é linguagem”, promovida pelo curso de Artes Aplicadas da Universidade. A exibição é uma celebração aos dez anos do curso e apresenta produções de alunos, ex-alunos, professores e colaboradores que passaram pela faculdade em uma década de atividade. A visita pode ser feita todos os dias, incluindo fins de semana e feriados, até o dia 7 de julho.

Juventino Antônio Dias Neto, trompetista belorizontino que trabalha com cultura popular, foi uma das pessoas que visitaram a mostra. Para ele, a exposição apresenta traços visíveis da região: “é uma exposição muito significativa que dá voz a uma prática que já é da cidade: do trabalho de cerâmica, artesanato”. A mostra comemorativa celebra a história da arte rústica que São João del-Rei e região carrega e que motivou a inauguração de um curso específico para estimular os artesãos. “É muito bom que a universidade seja sempre potencializadora desse projetos que já estão na comunidade. Isso é muito importante!”, destaca.

Em comemoração à primeira década do curso, a exposição é uma amostra dos trabalhos realizados por professores, colaboradores e alunos de diferentes estágios da graduação. O professor Cristiano Lima Sales explica que o público vai conferir, por exemplo, produtos de um exercício realizado por ele em sala com alunos do início do curso. Os participantes criam livremente a partir de uma máscara de gesso do rosto deles mesmos e, vendo a própria imagem refletida na argila, desenvolvem um busto para aquela face. “Já fazemos esse exercício há dois anos e estamos vendo resultados técnicos e criativos muito interessantes”, completa. A mostra inclui trabalhos de alunos do segundo período, dos que se formaram há pouco e de ex-alunos egressos há mais tempo, de modo a contemplar as diferentes visões dos discentes em diferentes momentos do curso e da vida profissional.

A exposição “Terra e Fogo: Cerâmica é linguagem” segue aberta para visitação até o dia 7 de julho no Centro Cultural UFSJ, localizado no Solar da Baronesa, Centro Histórico de São João del-Rei. O funcionamento é diário, inclusive aos fins de semana e feriados, de 8h às 20h.

Artes Aplicadas: diferencial

O curso de bacharelado em Artes Aplicadas da UFSJ é um diferencial na instituição e em sua modalidade desde o início: trata-se do único com ênfase em cerâmica do Brasil. A proposta foi pioneira em relação aos demais cursos existentes no cenário nacional no campo da cerâmica e há dez anos vem trazendo à tona a discussão sobre as intersecções e diferenças entre as áreas de artes visuais, design e artesanato. Inserido numa região rica em produções artesanais, a graduação em Artes Aplicadas apresenta uma abordagem global dos processos cerâmicos, desde o projeto de peças, sua execução até sua comercialização.

A graduação surgiu em 2009 a partir de uma necessidade local, explica a professora Luciana Beatriz Chagas. “Foi criado justamente para atender à demanda de uma vocação da região para o artesanato. Nosso projeto pedagógico menciona o artesanato em estanho de São João del-Rei, o artesanato em movelaria de Santa Cruz de Minas, o artesanato em tear de Resende Costa e até os biscoitos artesanais como parte dessa vocação”, detalha. 


Publicada em 03/07/2019
Fonte: ASCOM

 Voltar