Fortim dos Emboabas, o grande palco do 31º Inverno Cultural

Um dos casarões mais antigos de São João del-Rei, o Fortim dos Emboabas, propriedade histórica que pertence à UFSJ desde 2009, será palco da abertura do 31º Inverno Cultural UFSJ, no dia 20 de julho, às 10h. Grande marco simbólico desta edição do festival, o Fortim está situado na comunidade do Alto das Mercês e sediará, também, oficinas do Mutirão Cultural.

O Casarão, como é conhecido pela comunidade, está em obras desde 2017, quando a Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del-Rei (Fauf) acordou com a UFSJ o apoio administrativo e financeiro para gestão do projeto de restauração do telhado do prédio histórico. A abertura do Inverno marca, também, a cerimônia de entrega da sua primeira fase de restauros.

O Fortim já é sede do “Museu do Barro” e do projeto de extensão “Centro de Referência da Cultura Popular”. A professora do Departamento de Filosofia e Métodos da UFSJ (Dfime), Glória Maria, atual coordenadora do projeto, destaca a importância do Fortim para a comunidade do Alto das Mercês: “implantar um centro de cultura popular da UFSJ no bairro deixa clara a importância da cultura de matriz africana para a constituição da identidade da cidade.”

Zandra Miranda, professora do Departamento de Arquitetura, Urbanismo e Artes Aplicadas da UFSJ (Dauap), vice-coordenadora do projeto, acrescenta ainda que o Centro possui importância estratégica para a preservação do patrimônio imaterial de São João del-Rei e região. Mais que isso, ressalta, “a programação do Inverno Cultural está muito afinada com as demandas da comunidade”. As oficinas ofertadas no Mutirão Cultural, complementa, serão mais um meio de aproximação da comunidade com o uso do espaço.

Oficinas

As atividades do “Mutirão Cultural”, novidade do Inverno Cultural UFSJ em 2019, acontecerão no Fortim dos Emboabas e destinam metade das vagas aos moradores do Alto das Mercês e proximidades e outra metade ao público em geral.

A oficina "Rap: ritmo e poesia da quebrada" recebe inscrições no site www.invernocultural.ufsj.edu.br até o dia 18, meio-dia. O objetivo é promover a reflexão acerca de questões sociais por meio da construção de letras de Rap e pelo entendimento dos princípios do Hip Hop. Quem ministra a oficina é Mari P, que se apresenta no Palco Inverno no dia 25 de julho.

As oficinas "Oralidades Urbanas", "Farmácias Vivas, Segurança e Soberania Alimentar", a de "Cúpulas Geodésicas de Bambu", a de "Camiseta autoral - faça você mesmo", "Assumindo nossas raízes", "Resgatando a Marcenaria Artesanal", "Biocosmética Intuitiva" e "Por dentro da magrela: manual de primeiros-socorros para o ciclista em apuros" recebem inscrições apenas dos moradores das comunidades próximas ao Fortim.

As oficinas "Acarajé Raiz", a "Bateria Nota Mil: o coração da escola", "No fio da meada" e "Customização de lixo em arte" já não possuem disponibilidade de vagas.


Publicada em 16/07/2019
Fonte: ASCOM

 Voltar