Ensino remoto emergencial é aprovado em reunião do Conep

Debate sobre diretrizes segue na segunda, 27

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Conep) aprovou, na reunião extraordinária da última quarta, 22, a adoção do ensino remoto emergencial pela UFSJ. A maioria dos conselheiros seguiu o voto do relator do processo, professor Marconi de Arruda Pereira (Departamento de Tecnologia em Engenharia Civil, Computação e Humanidades), favorável à retomada das atividades acadêmicas de forma remota.

Uma das bases de argumentação do parecer do relator foram os documentos enviados ao Conselho pela Comissão de Análise de Atividades Acadêmicas Emergenciais UFSJ Covid-19, nos quais se delineavam três cenários para a retomada, além de uma série de diretrizes - discutidas coletivamente nas várias esferas representativas institucionais - que servirá de parâmetro para essa nova modalidade de ensino. “Devemos nos guiar pela convergência e intercessão dos interesses da comunidade na busca de soluções para as incertezas e inseguranças que nos cercam nesse momento”, ponderou o professor Marconi.

A votação das diretrizes para o ensino remoto emergencial na UFSJ volta ao debate nesta segunda, 27, a partir das 9h, quando o Conep se reúne novamente, para dar sequência à apreciação das diretivas ainda em pauta.


Publicada em 24/07/2020
Fonte: ASCOM

 Voltar