Palestra explora os sonhos no cenário pandêmico da Covid-19

O Grupo Caminhos Junguianos, vinculado ao Núcleo de Estudo, Pesquisa e Intervenção em Saúde da UFSJ (Nepis), do Departamento de Psicologia (Dpsic), realiza nesta terça, 20, às 14h30, a quarta palestra da programação do V Seminário Caminhos Junguianos: o sonho nunca morre. Evento internacional, on-line e gratuito, será transmitido no canal do Grupo no YouTube. Quem quiser participar, pode se inscrever neste link.

Na agenda de hoje, a palestra Sonhos infamiliares, com o professor e psicólogo da UFMG, Gilson Iannini, que vai apresentar os resultados preliminares de sua pesquisa, que investigou cerca de mil sonhos de brasileiros durante a pandemia. O material é analisado a partir da obra Das Unheimliche (O Infamiliar), modelo de leitura dos “sonhos confinados”, entendidos “como realização disfarçada de desejos recalcados”, como explica o professor do Dpsic, professor Walter Melo, um dos organizadores do evento.

O Seminário integra as atividades do GT Epistemologia e Interfaces da Psicologia, vinculado à Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP), e tem como objetivo dialogar sobre os mecanismos do sonho a partir da Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung, a fim de “debater a capacidade que o ser humano tem de sonhar, mesmo nas situações mais adversas”, afirma Walter Melo.

Nesta edição, o evento homenageia a poeta Adélia Prado, e se estende até o dia 7 de dezembro. Para saber mais, acesse o perfil do Instagram e página do Facebook do Caminhos Junguianos.

 

Samara Santos
Estudante de Jornalismo, estagia na Ascom


Publicada em 20/10/2020
Fonte: ASCOM

 Voltar