Professora do CCO coordena treinamento para vacinação da covid-19

Você deve ter acompanhado a publicação em que mostramos o Darth Vader sendo vacinado contra covid-19 em Divinópolis. Para alcançar essa “prevenção intergaláctica”, é preciso que cada profissional envolvido passe por capacitações. Uma das profissionais por trás dos treinamentos da equipe de vacinação do município é a professora do curso de Enfermagem da UFSJ, Valéria Conceição de Oliveira.

É de Valéria a frase destacada na imagem que ilustra esta matéria. A celebração, porém, divide espaço com a preocupação. “Um dos maiores desafios é ter vacina para todos num menor tempo possível”, explica, reforçando a capacidade da força-tarefa em Divinópolis para vacinar muita gente. “Outro desafio é sensibilizar as pessoas sobre a importância da vacina, não só para o bem individual mas, principalmente, para o bem coletivo. Há pessoas que não querem tomar a vacina e outras que não retornam para tomar a segunda dose.”

O programa de capacitação que Valéria comanda alcança tanto alunos e professores da UFSJ quanto profissionais das Unidades de Saúde da cidade. O treinamento para aplicação da vacina da Pfizer alcançou 25 pessoas; para as demais vacinas, aplicadas em esquema drive thru, já são 60 treinados; foram capacitados, ainda, 52 funcionários novos.

O conteúdo abrange desde noções básicas sobre vacinação, calendário vacinal e sistema de informações de imunização, até aspectos práticos da conservação e administração das vacinas. Afinal, após o desenvolvimento das vacinas e seus rigorosos testes de segurança, compra e distribuição aos municípios, para que sejam aplicadas devem ser considerados: técnicas de conservação (caixas térmicas, termômetros, câmaras); preparo da seringa e agulha, inspeção da vacina (possíveis danos, validade); homogeneização; observação (grumos, coloração, precipitação); limpeza do frasco e dose para aspiração. E também a administração das doses, que passa por processos de acolhimento, triagem, posicionamento, informações ao vacinado (frasco da vacina, validade, volume, reações).

Entre professores do curso, alunos do Mestrado e da Residência em Saúde da Família, oferecidos no Campus Centro-Oeste Dona Lindu (CCO), são 27 pessoas da comunidade acadêmica da UFSJ atuando diretamente na vacinação da covid-19 em Divinópolis. A vacinação é fundamental para salvar milhares de vidas diariamente. Já são mais de 500 perdas pela doença na cidade, e mais de 500 mil no Brasil.

Fiquemos com a esperança: “Ver o reconhecimento dessas pessoas pela Ciência, pelo SUS é lindo”, complementa Valéria.


Publicada em 30/06/2021
Fonte: ASCOM

 Voltar