Da Enfermagem para a Central de Imunização em Divinópolis

Já imaginou o tamanho da responsabilidade de montar equipes para trabalhar na vacinação, fazer a gestão dessas equipes, distribuir vacinas, alimentar o vacinômetro municipal e o estadual? Um enfermeiro formado na Universidade Federal de São João del-Rei conhece bem esses caminhos. Elbert Eddy Costa, graduado no curso de Enfermagem do Campus Centro-Oeste Dona Lindu (CCO), pós-graduado em Gestão em Saúde e atualmente aluno da Filosofia, trabalha na Central de Imunização de Divinópolis.

De tão importante, seu trabalho rendeu, em junho, a Medalha Candidés 2021, honraria da Câmara Municipal de Divinópolis entregue a pessoas ou entidades em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à comunidade. No caso de Elbert, a justa homenagem traz consigo a certeza de que, com todas as dificuldades, há quem esteja lutando a cada dia para que a pandemia seja superada.

“O maior desafio na campanha de vacinação contra covid-19 tem sido o fato de estarmos munidos de uma quantidade de doses insuficiente para imunizar toda a população. Dependemos da fabricação gradativa da vacina para, então, vacinar aqueles com maior prioridade, até chegar à população geral”, detalha Elbert.

Entre professores do curso, alunos do mestrado e da residência em Saúde da Família, ofertados no CCO, são 27 pessoas da comunidade acadêmica da UFSJ atuando diretamente na vacinação da covid-19 em Divinópolis. A vacinação é fundamental para salvar milhares de vidas diariamente. Já são mais de 500 perdas pela doença em Divinópolis e de 500 mil no Brasil.

A preocupação, entretanto, divide espaço com a expectativa que Elbert demonstra de que a situação, ainda grave, melhore. “O maior estímulo é saber que aplicamos sempre uma dose de esperança e de dias melhores, rumo ao fim da pandemia.”


Publicada em 06/07/2021
Fonte: ASCOM

 Voltar