Secretaria de Saúde pede cadastramento prévio

Publicada em 19/01/2022 - Fonte: ASCOM

A Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis iniciou, nesta quarta, 19, a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos com comorbidades pré-definidas e/ou deficiência permanente. O município recebeu 1.090 doses, distribuídas nas unidades de saúde: Nações, Belvedere, Bom Pastor, Ipiranga, Niterói e Ermida (Santo Antônio dos Campos).

Entram na lista de comorbidades: hipertensão arterial resistente, hipertensão arterial estágio 3, hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão de órgão-alvo, doença renal crônica, imunossuprimidos, hemoglobinopatias graves, obesidade mórbida, doenças cardiovasculares, diabetes, síndrome de Down, cirrose hepática, pneumopatias crônicas graves, doenças neurológicas crônicas.

A comprovação pode ser feita por meio de relatório médico, resultados de exames, informações contidas em prontuário clínico ou em cadastros nas unidades básicas de saúde, apresentação de receituário médico.

As deficiências se classificam em: física, auditiva, visual, intelectual e múltipla. A validação deve ser realizada com laudo médico; documentos de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas; cartões de gratuidade no transporte público, indicando a condição de deficiência; documento oficial de identidade com a mesma indicação.

Após o cadastro aprovado, feito no site da Prefeitura (www.divinopolis.mg.gov.br), é necessário reunir a documentação, atentos às seguintes orientações:

*Apresentar documento de identificação com foto e comprovante de residência
*Levar os cartões do SUS, da unidade de saúde e de vacinas
*Possuir o comprovante de cadastramento para a vacinação, que pode ser apresentado por meio de imagem do celular
*Mostrar os documentos que comprovem a comorbidade ou outro grupo de prioridades
*Entregar o termo de autorização assinado pelos responsáveis legais
*Não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 15 dias
*Não ter testado positivo para covid-19 nos últimos 30 dias

Serão vacinadas apenas as crianças acompanhadas pelos pais ou responsável legal. O imunizante utilizado será a vacina pediátrica da Pfizer.

Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (37) 3229-6800.

 

Rafaella Azevedo
Estudante de Jornalismo, estagia na Ascom