Não aos cortes em Educação e Ciência: veja programação desta terça, 21 de junho

Publicada em 20/06/2022 - Fonte: ASCOM

Você sabe quais as consequências dos cortes em Ciência, Tecnologia e Inovação anunciados pelo Ministério da Educação?

Nesta terça, 21 de junho, diversas entidades da área promovem a campanha Não aos cortes em Educação e Ciência. Às 14h, o canal oficial do YouTube da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) transmite a mesa-redonda central A responsabilidade da Economia nos cortes em Ciência e Educação: a meta é desenvolver ou subdesenvolver?

Entre os assuntos abordados ao longo da programação, que começa às 8h, estão, além do tema central da mesa das 14h, o contexto do financiamento da educação e da ciência no Brasil, os desafios e estratégias em tempos de bloqueios orçamentários, os impactos dos cortes no financiamento em pesquisa para a produção científica, entre outros.

Veja a programação completa no site da ICTP, a Iniciativa para a Ciência e Tecnologia no Parlamento.

Entenda os cortes
Em 27 de maio, o Ministério da Educação comunicou às universidades federais um bloqueio de 14,5% do orçamento da pasta. Esse bloqueio foi reduzido, em 3 de junho, para 7,2%, após ações da Andifes e das universidades em interlocuções com parlamentares nos estados, no Congresso e ministérios.

Na quinta, 9, o MEC informou que metade dos 7,2% ainda bloqueados, o equivalente a 3,2% do orçamento discricionário, será remanejada para outros órgãos para pagamento de despesas obrigatórias, representando uma perda de mais de R$ 220 milhões em nossos orçamentos.

O presidente da Andifes, Marcus David, manifestou profunda preocupação com essa decisão. “A situação, que já era bastante preocupante, agora se torna insustentável. A Andifes trabalha para a reversão total do bloqueio, e vai agora redobrar esforços para obter a recomposição do valor cortado e o desbloqueio do valor ainda bloqueado, sem os quais fica inviável para as universidades manterem seus compromissos e atividades neste ano”, alertou.