Projeto de requalificação de parque urbano recebe menção honrosa

Publicada em 21/06/2022 - Fonte: ASCOM

Você já parou para pensar quem são os profissionais por trás da elaboração de projetos de requalificação urbana, ambiental e de paisagismo, que contribuem para a nossa qualidade de vida?

Os profissionais da Arquitetura e Urbanismo são parte (imprescindível) deles. Como os professores, egressos e alunos da graduação e pós-graduação da Universidade Federal de São João del-Rei, que, no mês de maio, receberam menção honrosa em concurso para projeto de requalificação do Parque Urbano do Igarapé São Joaquim, em Belém (PA).

A elaboração do projeto para reestruturar e regenerar o igarapé em questão partiu de desafios como a multiplicação de assentamentos em áreas frágeis e de proteção ambiental, com habitações privadas de condições básicas de urbanização e saneamento básico. Por outro lado, o projeto apontou a importância da integração do espaço e sociedade, mantendo a população já estabelecida localmente.

A necessidade de participação efetiva da população no processo é destacada pelo projeto. O trabalho não é simples. Envolve, entre outras questões técnicas, drenagem e saneamento, resíduos sólidos e limpeza urbana, mobilidade, segurança.

O resultado, por sua vez, é motivador. Para a professora do Departamento de Arquitetura, Urbanismo e Artes Aplicadas (Dauap/UFSJ) e do Programa Interdepartamental de Pós-graduação Interdisciplinar em Artes, Urbanidades e Sustentabilidade (Pipaus/UFSJ), Adriana Gomes do Nascimento, “ter o trabalho da equipe reconhecido publicamente é o que fortalece trajetórias”. Grande parte da equipe se formou e está se formando na UFSJ, em níveis de graduação e mestrado, junto ao Grupo de Pesquisa A.T.A., coordenado por Adriana.

“Manter e sustentar lastros com a Universidade, em uma participação profissional e de âmbito nacional como este concurso, contribui com os processos e as orientações futuras voltadas para a ação sócio-cultural e ambiental de regeneração territorial. Essa é uma das saídas possíveis, se ainda quisermos viver neste planeta”, complementa.

Fazem parte da equipe que apresentou o projeto o arquiteto e urbanista Benedito Fernando Moreira; a professora, pesquisadora do Dauap/Pipaus/UFSJ e líder do Grupo de pesquisa A.T.A/UFSJ Adriana Gomes do Nascimento; os membros do Grupo de Pesquisa A.T.A. Amanda Lima Martins, Vitor Bauschert Braz e Paulo Jarbas Cardoso da Silva (Pìpaus); a designer Gilberlany Miriam Brito Barbosa; os egressos Isabela Freitas Cioni (A.T.A.), Daniel Mansour Takemoto Rahman Vand (Dauap), Marcelo José Silva (A.T.A.), Ana Luisa Carvalho (A.T.A. e Pipaus) e Paula Rodrigues (DCNAT); e os colaboradores internacionais Isabel Cristina Gonçalves de Carvalho (Universidade Aberta de Lisboa/A.T.A.) e David Manuel Leite dos Santos Viana (ISCTE/ Lisboa).

Saiba mais sobre o concurso aqui.