Quais são as áreas de atuação e o mercado de trabalho?

O Bacharel em Bioquímica é qualificado para atuar em áreas que demandem um profissional com visão ampla a respeito das interfaces entre química e biologia e suas áreas afins, tendo competências baseadas nas atribuições conferidas aos profissionais da Química e áreas correlatas (Resolução Normativa nº 36 do CFQ de 25 de abril de 1974). Essa atuação poderá ocorrer nos seguintes locais de trabalho:

  • Laboratórios de pesquisa básica e aplicada em universidades e institutos de pesquisa ou empresas e indústrias;
  • Plantas industriais e laboratórios de controle de qualidade em alimentos e bebidas (cerveja, queijos, iogurte, vinho, suplementos alimentares, nutrição animal, entre outos), fármacos e biofármacos, cosméticos, biocombustíveis, produtos biotecnológicos, químicos, enzimas, aromas, papel, celulose, entre outros;
  • Laboratórios de serviços analíticos (fármacos, alimentos, bioquímica clínica e toxicológica, diagnóstico molecular, ambientais – águas e esgotos, agroquímicos, forense e perícia científica, entre outros);
  • Laboratórios de análises clínicas, para a realização de análises clínicas, incluindo a análise de materiais como urina, sangue, fezes e outros, podendo emitir e assinar os laudos e pareceres relacionados ás análise clínicas (com base nas Resoluções Normativas 36/1974 do CRQ, 198/2004 do CFQ e no oficio n° 047/2017 do CRQ);
  • Salas de aulas de universidades públicas e privadas;
  • Escritórios de bioeconomia: comércio e marketing de produtos laboratoriais, de análise e elaboração de patentes e gestão de inovações, fundos de investimentos, entre outros.

O objetivo do curso é formar profissionais que possam atender a setores estratégicos para o desenvolvimento econômico e social, tanto a nível local e regional quanto a nível nacional, em áreas como:

  1. Produção científico-tecnológica e de inovação: ciência básica, desenvolvimento e melhoria contínua de produtos industriais e serviços analíticos, inovação;
  2. Serviços analíticos (clínicos, ambientais e de alimentos);
  3. Controle e garantia de qualidade;
  4. Produção industrial de compostos bioquímicos por processos fermentativos e outros métodos;
  5. Manipulação, formulação, análise e produção de produtos contendo compostos bioquímicos principalmente nas áreas de alimentos, cosméticos, farmoquímicos, diagnóstico laboratorial, químicos renováveis e agroquímicos;
  6. Disseminação de conhecimento científico-tecnológico (docência, consultoria, assessoria científica, vendas e marketing).

 

Como é a Grade Curricular?

O conteúdo do curso é centrado em ciência, tecnologia e inovação nas interfaces entre química e biologia, com uso intenso dos conceitos e tecnologias das ciências químicas e bioquímicas, definindo assim o Bacharel em Bioquímica da UFSJ como profissional da química com registro no sistema CFQ/CRQ e também alinhado ao perfil profissional nacional e internacional da profissão. De uma forma geral os conhecimentos comuns a diversos bacharelados, no Brasil, América Latina, Portugal, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos envolvem:

  • Entendimento dos fenômenos químicos: visão ampla sobre a organização, classificação e propriedade de moléculas, fenômenos de transformação química, de análises químicas e de formulações químicas, através de conhecimentos das bases científicas de química geral, química inorgânica, química orgânica, físico-química, química analítica e instrumental de análise.
  • Entendimento dos fenômenos bioquímicos: visão ampla sobre a organização, classificação e propriedade de biomoléculas, fenômenos de transformação bioquímica, de análises bioquímicas e de formulações bioquímicas, através de conhecimentos pormenorizados sobre cada classe de biomoléculas, de suas interações e técnicas instrumentais de análise. Envolve: bioquímica estrutural, bioquímica metabólica, bioquímica celular, bioquímica fisiológica, bioquímica de ácidos nucléicos, bioquímica de proteínas, enzimologia, processos fermentativos, fitoquímica e produtos naturais, química bioinorgânica, bioquímica analítica, instrumental de bioanálise.
  • Entendimento da estrutura e dos fenômenos biológicos sob o ponto de vista bioquímico: conhecimentos sobre o funcionamento molecular de processos biológicos fundamentais envolvendo a célula (biologia celular, bioquímica celular, bioquímica metabólica), a microbiologia, tecidos, órgãos e fisiologia (morfofisiologia humana, morfofisiologia vegetal, bioquímica fisiológica, bioquímica vegetal, imunologia).
  • Ferramentas das Ciências Exatas: conhecimentos matemáticos, físicos, estatísticos e computacionais que possam ser utilizados como ferramentas para o entendimento dos processos e padrões bioquímicos assim como para a resolução de problemas complexos. Envolve disciplinas de Física, Estatística, Cálculo, Bioinformática, utilização avançada de softwares específicos.
  • Ferramentas tecnológicas: conhecimentos e ferramentas de tecnologias diversas tais como tecnologia farmoquímica, tecnologia química, tecnologia de alimentos, tecnologia biológica (biotecnologia), tecnologia analítica, tecnologia de papel e celulose, operações unitárias, fenômenos de transporte, desenho técnico, biossegurança, segurança química, boas práticas laboratoriais e de fabricação.
  • Manipulação da bioquímica visando a produção de riqueza econômica: conhecimentos de química e bioquímica aplicadas de forma a gerar novas tecnologias inovadoras ou executá-las em ambientes produtivos, tais como:  

* Bioquímica clínica e Diagnóstico molecular;

* Bioquímica Toxicológica e Forense;

* Bioquímica de alimentos, Análise de alimentos;

* Bioquímica ambiental e análises ambientais e de poluentes;

* Processos fermentativos e enzimáticos industriais (bioprocessos);

* Bioquímica industrial de produtos naturais, fitoquímicos e óleos essenciais;

* Bioquímica industrial de cosméticos;

* Bioquímica industrial de farmoquímicos, biofármacos e imunobiológicos;

* Bioquímica industrial de tratamento de águas e efluentes;

* Análises laboratoriais de controle de qualidade microbiológicas, físico-químicos, bioquímicas e biomoleculares.

  • Noções de construção de riqueza econômica: empreendedorismo, proteção industrial e intelectual (patentes), garantia da qualidade, gestão de projetos, gestão de inovações, vendas e marketing.

 

Conheça mais

* Projeto Pedagógico do Curso de Bioquímica 

* FAQ (Perguntas mais Frenquentes  sobre o Curso de Bioquímica, publicado no site do Movimento Bioquímica Brasil)

* Dúvidas relativas a comparação com outras profissões:     

 https://guiadoestudante.abril.com.br/blog/pordentrodasprofissoes/bioquimica-como-e-a-profissao-e-o-curso-em-9-dados/

 

Como é a vida extra curricular da Bioquímica UFSJ

Centro Acadêmico (CA):  O CABqi é a instituição máxima de representação estudantil dos alunos do curso de Bioquímica da UFSJ-CCO. Dentre suas funções está a organização de atividades acadêmicas extracurriculares como debates, palestras, semanas temáticas, recepção de calouros e realização de projetos de extensão;  mobilização e organização de reivindicações e ações políticas dos estudantes; mediação de negociações e conflitos individuais e coletivos entre estudantes e a Universidade; realização de atividades culturais, luta por demanda dos alunos, a participação nos espaços estudantis como DA, DCE e Câmara de Graduação.

Site: https://cabioquimica.wixsite.com/cabqiufsj
Instagram: @cabqi_ufsj



PET:  O Programa de Educação Tutorial - PET Bioquímica é um grupo formado por estudantes do curso de Bioquímica sob a coordenação de um docente tutor. O grupo visa principalmente o desenvolvimento de atividades para divulgar e difundir o curso de Bioquímica para a comunidade acadêmica e para a sociedade fora dela, por meio de ações pautadas no ensino, pesquisa e extensão. Dentre estas atividades, a que mais caracteriza o PET Bioquímica é o Bioquímica em Show: Principal ferramenta para interagir diretamente com a comunidade externa, levando conhecimentos da área para o público geral de forma sintética e clara, visando maior êxito no processo de ensino-aprendizagem.

Site: https://ufsj.edu.br/petbqi/
Instagram: @pet.bioquímica

 

Ligas acadêmicas:   https://www.ufsj.edu.br/cco/ligas_academicas.php

 

Beta Tech Júnior:  A Beta Tech Jr é uma empresa júnior vinculada à UFSJ, sem fins lucrativos, formada por estudantes de graduação em Bioquímica e Farmácia sob a coordenação de um professor orientador e auxílio de professores especialistas.  A vivência empresarial ainda na graduação favorece uma mudança de comportamentos e habilidades que fazem diferença ao futuro profissional, preparando-o para ser o protagonista de seu crescimento e que seja capaz de impactar o meio em que vive. Inconformismo, visão, pensamento inovador e capacidade de realização são características que os definem. São apaixonados pelo seu propósito e trabalham por um movimento em que acreditam.

Site: betatechjr.com 
Instagram: @betatech.ej
 

Como a UFSJ irá agregar valor a sua formação como pessoa?

Geralmente os alunos que se inscrevem para o processo seletivo de entrada na graduação em Bioquímica (ENEM/SISU) já possuem tendência a apresentarem os seguintes comportamentos:

  • Gostam muito de química, física, matemática e biologia;
  • Gostam da mistura de conceitos da química e da biologia;
  • Gostam de resolver problemas;
  • São criativos e proativos;
  • São persistentes e possuem disciplina com os estudos;
  • São motivados a aprender.

O que se espera é que ao término da graduação em Bioquímica o aluno possa manter estes comportamentos e desenvolver outros tais como:

  • Realizar constante auto-conhecimento;
  • Ler ambientes de trabalho e construir redes de relacionamento profissional;
  • Controlar a comunicação, expressando empatia, cordialidade, adequação do momento da comunicação e do público alvo;
  • Buscar resultados, aprimorando capacidade de resolução de problemas e negociação entre partes interessadas na obtenção do resultado;
  • Buscar força mental, aprimorando a resiliência, adaptabilidade e flexibilidade de atuação;
  • Entender processos de gestão, liderança e empreendedorismo;
  • Desenvolver visão do todo e visão específica sobre os conhecimentos bioquímicos;
  • Construir sua proposta única de valor para o mercado de trabalho ou acadêmico, se tornando um profissional único e valorizado perante os demais;
  • Ser capaz de formar/participar de times de alto desempenho;
  • Eficiente gestão/organização do próprio tempo;
  • Alta capacidade de resolver problemas com eficiência.

 


Última atualização: 03/03/2021