Estágio Internacional CsF


Aos alunos selecionados pelo Ciência Sem Fronteiras,

 
a participação no programa abre muitas oportunidades para vocês e uma delas é a de realizar estágio em uma empresa de reconhecimento internacional.
 
Afim de facilitar o processo e de o estágio que você fizer no exterior durante o período de intercâmbio contar como estágio curricular supervisionado na UFSJ, a Assessoria Para Assuntos Internacionais - ASSIN criou um processo para reconhecimento de estágio realizado no exterior.
 
Se você é aluno da UFSJ e participa do Programa Ciência sem Fronteiras, veja como proceder para que o estágio realizado no âmbito do Programa seja validado como estágio supervisionado do seu curso:
 
1º) O aluno, assim que souber da possibilidade de realizar o estágio no exterior, antes do início das atividades, deve preencher essa ficha aqui (com dados mais completos possíveis) e anexar a ela o plano de atividades de estágio em PORTUGUÊS.
 
2º) Após preencher e assinar a ficha, o aluno deve encaminhá-la, assim como o plano de atividades, para a ASSIN via e-mail (assin@ufsj.edu.br). O e-mail deve conter as informações básicas do aluno, tais como nome completo, curso na UFSJ, NOME DO COORDENADOR DE CURSO, país e universidades anfitriãs nas quais o aluno realiza intercâmbio no exterior.
 
3º) A partir daí, a ASSIN fica responsável por encaminhar a ficha ao Coordenador de Curso do aluno que indicará um professor orientador para supervisionar as atividades de estágio do aluno no exterior.
 
4º) A ASSIN ou o coordenador de curso informa ao aluno o nome do professor responsável pelo acompanhamento do seu estágio. O aluno deve entrar em contato com o professor e verificar como será feito o acompanhamento do estágio.
 
5º) O coordenador de curso avisa ao professor que ele ficará responsável pela supervisão do estágio do aluno no exterior, da maneira como ele achar conveniente.
 
6º) O aluno realizará, então, o estágio sob a supervisão do seu professor na UFSJ e deverá apresentar um relatório final, conforme as regras do seu curso para a elaboração e apresentação de relatórios finais de estágios. Anexo a esse relatório, o aluno deverá incluir a ficha de estágio internacional, com as três assinaturas (coordenador de curso, Pró-Reitor Adjunto de Ensino de Graduação e Assessora Internacional).
 
7º) O aluno deverá, ao voltar para a UFSJ, procurar a ASSIN para nos comunicar sobre sua volta, além de preparar a documentação para validação das disciplinas cursadas no exterior. A realização do estágio entrará na documentação para validação juntamente com as disciplinas cursadas apenas se o professor orientador do estágio já tiver avaliado e dado nota ao estágio realizado no exterior. Neste caso, a nota deve ser comunicada por escrito e incluída nos documentos de equivalência do aluno.
 
Caso o estágio ainda esteja sendo avaliado no momento em que o aluno faz a requisição de equivalência com o coordenador de curso e com a ASSIN, ele deve combinar com o professor orientador a maneira mais fácil de lançar a nota do estágio no seu histórico, não sendo mais responsabilidade da ASSIN.
 
8) Além disso, lembramos que o aluno ainda tem que providenciar o relatório final do programa.
 
 
ATENÇÃO: Este procedimento é válido apenas para estágios oferecidos no âmbito do Programa Ciência Sem Fronteiras. Para estágios que o aluno consiga de maneira independente, favor entrar em contato com a ASSIN.
___________________________________________________________________________________________